Cuiabá MT, 03 de Dezembro de 2021 - São
 

Cidade
  Mato Grosso
  Brasil
  Sociaedade
  Curiosidade
  Polícia
  Política
  Justiça
  Variedades
  Esporte
  Coluna
  Opinião
  Artigo

Newsletter
Nome:
<

Email:
<
<
<
<
<
<
<

Parcerias
<
<
<
<
<
<
<
<
<

Denúncias
<
<
<
<
<
<
<
<

<
<
<
<
<
<
<
<

<
<
<
<
<
<
<
<

<
<
<
<
<
<
<
<

  Só o professor não quer trabalhar na pandemia  
  22/04/2021 - 10:38  
  O Professor Geonir Paulo Schnorr responde o Deputado federal Ricardo Barros que criticou os professores na manhã do dia 20/04 último na coluna da Educação do site da Uol, matéria veiculada com o Titulo, Só o professor não quer trabalhar na pandemia'. 
Geonir Paulo Schnorr

 O Professor Geonir Paulo Schnorr responde o Deputado federal Ricardo Barros que criticou os professores na manhã do dia 20/04 último na coluna da Educação do site da Uol, matéria veiculada com o Titulo,  Só o professor não quer trabalhar na pandemia'.

'Só o professor não quer trabalhar na pandemia', diz Ricardo Barros

O deputado federal Ricardo Barros (Progressistas), líder do governo na Câmara dos Deputados, criticou no dia 20/04 a classe de professores ao afirmar que os docentes "não querem trabalhar" e explicou que, neste momento, há uma votação no Congresso para transformar a educação em serviço essencial e reabrir todas as escolas mesmo com a pandemia da covid-19. "É absurdo a forma como estamos permitindo que os professores causem tantos danos às nossas crianças na continuidade da sua formação. O professor não que se modernizar, não quer se atualizar. Já passou no concurso, está esperando se aposentar, não quer aprender mais nada", disse Barros em entrevista à CNN Brasil.


Pode ser uma imagem de 1 pessoaO Professor Geonir Paulo Schnorr da resposta ao Deputado federal Ricardo Barros que criticou os professores no dia 20/04 último.

Canalha!

Em primeiro lugar, os professores realmente não deveriam querer trabalhar, mas isso em qualquer situação "normal" devido à precariedade que é o estado na educação.

Em segundo, os professores estão trabalhando, e muito! Mais, aliás, do que trabalhavam antes da epidemia, pois além de seus planos de aula e das aulas em si, tem de elaborar materiais usando ferramentas e técnicas que nunca haviam usado outrora. Estão se reinventando, como dizem em um termo bonitinho.

Em terceiro, educação é, sim, atividade essencial ao ser humano e ao desenvolvimento de um país, mas usar isso com intenções espúrias para obrigar profissionais e alunos a voltar em massa às salas de aula presenciais é de uma canalhice incomensurável.

E para finalizar, aulas presenciais são motivos de envolvimento físico, risco quase certeiro de contágio. Crianças são mais afetivas, se abraçam, se tocam... e depois vão para casa, contaminadas, abraçar os pais, avós, tios. Evitar o contato é de suma importância para se conter a proliferação do vírus.

Infelizmente essa é a forma de pensar desse governo (o referido deputado é líder do governo na Câmara). O que fazem é jogar para a plateia a culpa pela má gestão, culpam outrem pela própria incompetência. 



Fonte: Por Geonir Paulo Schnorr



Compartilhe essa notícia



Comentários ( 0 )

Notícia sem comentários.
Faça seu comentário agora.
 

Site Lucio Dia e Noiter já teve 1971655 Acessos
Sua empresa ainda não tem site? clique aqui
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<