Cuiabá MT, 03 de Dezembro de 2021 - São
 

Cidade
  Mato Grosso
  Brasil
  Sociaedade
  Curiosidade
  Polícia
  Política
  Justiça
  Variedades
  Esporte
  Coluna
  Opinião
  Artigo

Newsletter
Nome:
<

Email:
<
<
<
<
<
<
<

Parcerias
<
<
<
<
<
<
<
<
<

Denúncias
<
<
<
<
<
<
<
<

<
<
<
<
<
<
<
<

<
<
<
<
<
<
<
<

<
<
<
<
<
<
<
<

  Editorial: E Agora Senador?  
  06/10/2011 - 11:07  
  

E AGORA SENADOR?

        Passeando os olhos nas linhas escritas pela acida pena dos jornalistas independentes existe ainda  nessa nossa imprensa, me deparo com fatos não só e apenas curioso, mais especialmente intrigante.

         Na verdade são eles quem mostra ao povo quais são as autoridades que merecem o respeito dos brasileiros, e aqueles que não passam de disfarçados embusteiros, mais que gostam de pousar de arautos da moralidade publica, e seguem nessa balada até ser pilhado, denunciado e desmoralizado perante a população.

        O bom de tudo isso é que o povo que os transformaram e supostos lideres político, agora pode constatar a verdadeira história de vida desses indivíduos, e mais que isso; o quanto eles conseguem armar no mando do poder que exercem em benéfico próprio, e também das corporações  a quem representam.

        Aqui no Mato Grosso temos alguns exemplares, (aliás, vários), desse tipo de gente, a imprensa nacional vem de forma incansável mostrando algumas eminências pardas que chegaram aqui á alguns anos atrás, arrastando um “bode” pelo rabo, e como num passe de mágica de repente se transformaram em mega empresário, milionários que tudo pode em nome do dinheiro. E também é claro, do poder que representam.

        Há um adágio popular que assegura: “me diga com quem andas que eu te direi quem és”!     

        Lemos atentamente as dez páginas, (com inicio na folha 46 até a 55).

         Nas 9 páginas de uma reportagem de arrepiar, A REVISTA ÉPOCA que circulou em 3 de outubro, fez um diagnostico completo e individual de cada um dos barões do narcotráfico, o poder e a fortuna que cada um possui, e mostra ainda que eles comandam todos os seus negócios ilegais, de fora ou dentro da cadeia onde eventualmente possam estar recolhidos.

        O que mais me chamou a atenção na matéria,  foi a presença do ex. governador de Mato Grosso, e agora senador da República, Bláiro Maggi, (numa foto de 2005), caminhando lado a lado com o traficante boliviano, e ex-prefeito de San Matias na Bolívia, Humber Rivero.

        Longe de mim em pensar que o ex-governador Maggi estivesse atrelado aos negócios sujos do traficante boliviano Humber Rivero, prefiro imaginar que a presença do dito cujo traficante no solo mato-grossense e junto com nosso governador se prendia a assuntos políticos. Mas por via das duvidas não custa indagar que assuntos políticos seriam esses entre o governador de meu Estado, e o prefeito de San Matias, na Bolívia que a bem da verdade dono de uma reputação altamente duvidosa, dado seu envolvimento com o mundo dos negócios sombrios do narcotráfico? Não há duvida que o governador se expôs de forma desnecessária e o resultado é o que se pode observar  seis anos depois, como se pode constatar o tempo é implacável não perdoa nem os ingênuos incautos ou efetivamente comprometidos com essa ou aquela ação criminosa. No caso especifico do senhor Bláiro Maggi, de duas uma, ou ele é um ingênuo, ou sua acessória política era despreparada para o exercício da alta função que exercia na época. 

       Para não nos alongarmos em considerações que poderiam nos criar arestas com certos segmentos com os quais não temos qualquer ligação afetiva o de ordem comercial, é mais salutar e oportuno, utilizar à velha expressão alcunhada de “Gilete-Press” e mostrar de uma só vez as dez páginas da REVISTA ÉPOCA, para que amanhã ou depois não venha dizer que estamos tentando desmoralizar esse ou aquele político da nossa terra. Pois não é? 

 

Autor:Ivaldo Lúcio 

 

  

  



Fonte: Lucio Dia e Noite



Compartilhe essa notícia



Comentários ( 0 )

Notícia sem comentários.
Faça seu comentário agora.
 

Site Lucio Dia e Noiter já teve 1971582 Acessos
Sua empresa ainda não tem site? clique aqui
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<