Cuiabá MT, 15 de Dezembro de 2017 - São
 

Cidade
  Mato Grosso
  Brasil
  Sociaedade
  Curiosidade
  Polícia
  Política
  Justiça
  Variedades
  Esporte
  Coluna
  Opinião
  Artigo

Newsletter
Nome:
<

Email:
<
<
<
<
<
<
<

Parcerias
<
<
<
<
<
<
<
<
<

Denúncias
<
<
<
<
<
<
<
<

<
<
<
<
<
<
<
<

<
<
<
<
<
<
<
<

<
<
<
<
<
<
<
<

  Conflitos agrários, qual a solução?  
  02/05/2017 - 14:34  
 Recentemente nos deparamos com o massacre na cidade de Colniza motivado pela disputa de terras e onde morreram nove pessoas. 
Elvis Klauk Jr

 Recentemente nos deparamos com o massacre na cidade de Colniza motivado pela disputa de terras e onde morreram nove pessoas. Sabemos que a burocracia estatal é um entrave para se fazer regularização fundiária fomentando os conflitos no campo.

Nos casos já judicializados, na maioria das vezes a sentença passa ser o início do problema, pois envolve quase sempre famílias despejadas. Não é raro ver o cidadão ficar anos e anos batendo à porta das autarquias (INCRA/INTERMAT) em busca de soluções que nunca chegam.

Como resolver esse problema?

Em primeiro lugar é preciso ter vontade política. Em segundo, é preciso que os entes envolvidos na regularização fundiária (Estado e Particular) se comuniquem de forma eficaz com objetivo de diminuir a burocracia. Assim, entendo que o diálogo, a composição amigável dos conflitos alinhados com a vontade política sejam o caminho para a solução dos problemas de regularização no campo.

Neste sentido, estamos desenvolvendo através da Câmara Setorial Temática de Mediação de Conflitos Agrários e Regularização Fundiária Rural e Urbana, na Assembleia Legislativa do estado de Mato Grosso, requerida pelo deputado estadual Valdir Barranco (PT), um estudo para a criação de um Núcleo Interno de Mediação. Consolidado, será o ambiente propício para se buscar as soluções adequadaT.s para os conflitos fundiários como no caso específico de Colniza e tantos outros existente em nosso estado.

* Elvis Klauk Jr. é advogado e presidente da CST de Mediação de Conflitos Agrários e Fundiários, Rural e Urbano, da AL/M



Fonte: Elvis Klauk Jr



Compartilhe essa notícia



Comentários ( 0 )

Notícia sem comentários.
Faça seu comentário agora.
 

Site Lucio Dia e Noiter já teve 828829 Acessos
Sua empresa ainda não tem site? clique aqui
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<