Cuiabá MT, 26 de Junho de 2017 - São
 

Cidade
  Mato Grosso
  Brasil
  Sociaedade
  Curiosidade
  Polícia
  Política
  Justiça
  Variedades
  Esporte
  Coluna
  Opinião
  Artigo

Newsletter
Nome:
<

Email:
<
<
<
<
<
<
<

Parcerias
<
<
<
<
<
<
<
<
<

Denúncias
<
<
<
<
<
<
<
<

<
<
<
<
<
<
<
<

<
<
<
<
<
<
<
<

<
<
<
<
<
<
<
<

  Delação de Palocci trataria de relação com bancos  
  18/04/2017 - 12:39  
 Segundo o Blog apurou, tem crescido a avaliação do político de que uma colaboração com a Justiça talvez seja a melhor forma de enfrentar a sua situação jurídica. 

Um eventual acordo de delação de Antonio Palocci com a Lava Jato incluiria não somente as informações obtidas pelo ex-ministro ao longo de anos nas relações políticas, mas também aquelas "catalogadas” na área econômica, relacionadas, por exemplo, a bancos. 



Segundo o Blog apurou, tem crescido a avaliação do político de que uma colaboração com a Justiça talvez seja a melhor forma de enfrentar a sua situação jurídica.



Palocci é réu em processo no qual ele é acusado de receber propina para atuar em favor da Odebrecht, entre 2006 e o final de 2013, interferindo em decisões tomadas pelo governo federal.

 

A robustez da delação da própria Odebrecht, tornada pública na semana passada, pode potencializar delações de outros envolvidos na Lava Jato, como Palocci, avaliam interlocutores do petista. 



Preso em setembro do ano passado, o político foi ministro da Casa Civil no governo Dilma Rousseff e ministro da Fazenda do ex-presidente Lula. 

O advogado José Roberto Batochio, que defende Palocci, tem negado que o seu cliente esteja avaliando aderir ao instituto da delação premiada. "Não vou comentar porque estou alheio a isso. Desconheço essa informação", disse o criminalista ao Blog. 



Fonte: G1 - Matheus Leitão



Compartilhe essa notícia



Comentários ( 0 )

Notícia sem comentários.
Faça seu comentário agora.
 

Site Lucio Dia e Noiter já teve 646522 Acessos
Sua empresa ainda não tem site? clique aqui
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<