Cuiabá MT, 24 de Junho de 2017 - São
 

Cidade
  Mato Grosso
  Brasil
  Sociaedade
  Curiosidade
  Polícia
  Política
  Justiça
  Variedades
  Esporte
  Coluna
  Opinião
  Artigo

Newsletter
Nome:
<

Email:
<
<
<
<
<
<
<

Parcerias
<
<
<
<
<
<
<
<
<

Denúncias
<
<
<
<
<
<
<
<

<
<
<
<
<
<
<
<

<
<
<
<
<
<
<
<

<
<
<
<
<
<
<
<

  Silval se reúne com vice-presidente e quer reforçar segurança na fronteira  
  01/02/2014 - 14:16  
 O governador Silval Barbosa (PMDB) tem reuniões agendadas com os Ministérios da Justiça e Defesa para tentar viabilizar a ampliação da presença do governo federal na fronteira de Mato Grosso com a Bolívia. Nesta sexta (31), Silval tratou do assunto com o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), que prometeu ajudar o Estado neste pleito. 

 Patrícia Sanches

 

.

 

gefron

Fronteira de Mato Grosso é um dos corredores para entrada de drogas no Brasil

O governador Silval Barbosa (PMDB) tem reuniões agendadas com os Ministérios da Justiça e Defesa para tentar viabilizar a ampliação da presença do governo federal na fronteira de Mato Grosso com a Bolívia. Nesta sexta (31), Silval tratou do assunto com o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), que prometeu ajudar o Estado neste pleito.Silval decidiu procurar a União depois que tomou conhecimento sobre a existência de instruções ao Comando do Exército em Cáceres no sentido de que seja reduzido o número de postos de controle na fronteira com a Bolívia.“De acordo com a Constituição, a responsabilidade pelo policiamento e controle de nossas fronteiras é do governo federal, mas nós não poderíamos, de maneira alguma, ficar de braços cruzados assistindo somente ao esforço do Exército e da Polícia Federal. Por isso o Estado criou e mantém o Grupo Especial de Fronteira (Gefron), que é uma forma de aumentar ainda mais a presença das autoridades no combate à ação de criminosos”, destaca o chefe do Executivo.Asviaturas do Gefron patrulham os 28 municípios de fronteira, principalmente na região de Cáceres, Pontes e Lacerda, Comodoro, Vila Bela da Santíssima Trindade, locais com mais apreensões de entorpecentes. O secretário estadual de Segurança, Alexandre Bustamante, por sua vez, argumenta as ações na fronteira não protegem apenas Mato grosso, mas todo o país. Há uma grande preocupação porque, com o efetivo existente, o local já é uma das principais entradas de drogas no país, assim, se o policiamento for reduzido, a tendência é que a situação piore ainda mais.



Fonte: RDNEWS



Compartilhe essa notícia



Comentários ( 0 )

Notícia sem comentários.
Faça seu comentário agora.
 

Site Lucio Dia e Noiter já teve 641322 Acessos
Sua empresa ainda não tem site? clique aqui
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<
<